Teatro a R$ 1: Domingo no TCA traz Policarpo Quaresma

Da Assessoria do TCA

Espetáculo reúne drama, música e humor, sob a direção de Luiz Marfuz

Quem perdeu a temporada do ano passado, tem agora mais uma oportunidade para mergulhar no universo lúdico, questionador e bem humorado de “Policarpo Quaresma”, do escritor carioca Lima Barreto (1881-1922). O espetáculo, dirigido por Luiz Marfuz, abre a edição 2009 do projeto Domingo no TCA, no dia 25 de janeiro, na Sala Principal do Teatro Castro Alves, às 11 horas, com ingressos (inteira) a R$ 1, vendidos no mesmo dia, a partir das 9 horas, e com acesso imediato do público.

“Policarpo Quaresma” tem no elenco o ator baiano Hilton Cobra (cobrinha) no papel título, Amarílio Sales, Anderson dy Souza, Bernardo Del Rey, Claudia di Moura, Elaine Cardim, Frieda Gutmann, Jefferson Oliveira, Márcio Bernardes, Mônica Bittencourt, Nélia Carvalho e Osvaldo Baraúna. O espetáculo é resultado do Edital 2007/8 da Fundação Cultural do Estado, destinado à seleção da décima terceira montagem do Núcleo de Teatro do TCA.

Música Popular no palco do Projeto Segundas Musicais

Da Agecom

O Projeto Segundas Musicais realizado pela Fundação Cultural da Bahia (Funceb), unidade da Secretaria de Cultura, apresenta a Camerata Popular do Recôncavo, no dia 13, às 20h, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves.

O projeto, resultado da seleção pública de shows musicais, vem apresentando artistas de diversos gêneros, com ingressos a R$ 2 e 1.

Criada a partir de pesquisas musicais feitas em cidades do interior da Bahia, Pernambuco, Alagoas, Piauí e Ceará pela professora Salúa Chequer, a Camerata apresenta o show “Recanto de Cada Canto”, com repertório de música popular e de câmara baseado nas tradições orais baianas, além de rezas e devoções populares e manifestações como bumba meu boi, reisado e pastoril.

Em sua edição inaugural, o projeto Segundas Musicais apresenta shows de artistas e grupos selecionados por meio de edital lançado em março deste ano.

O projeto busca oferecer um panorama da produção baiana contemporânea na área musical, como uma ação de difusão e formação de platéia, além de capacitação e intercâmbio utilizando cursos, palestras e oficinas.

Para estimular a identificação dos espectadores e potenciais artistas populares, a Camerata Popular do Recôncavo realiza uma oficina de arte popular e confecção de objetos, nos dias 15 e 16, das 19 às 22h, na Escola Municipal Padre José de Anchieta (Federação).