No Balanço do Reggae ao vivo na Tereza Batista

Da Assessoria Irdeb

O Educadora FM no Pelô – Se é Bom a Gente Toca chega a sua quinta edição. Desta vez é o programa No Balanço do Reggae que fará seu som ao vivo e gratuitamente na Praça Tereza Batista, a partir das 19 horas do dia 30 de janeiro. O palco da praça será o estúdio da rádio que transmitirá o programa para quem quiser ouvir pela 107.5 e assistir pela internet. Mas as pessoas que puderem aparecer na praça irão curtir o som de artistas como Lazzo, Geraldo Cristal e Duda (do Diamba) que cantarão ao som das bases feitas pelo Ministéreo Público. A festa será marcada também por uma celebração Rastafari que visa quebrar preconceitos em relação ao movimento e divulgar informações sobre esta cultura.

Uma saudação inspirada no Nyabinghi marcará o início da festa. Na concepção Rastafari, o Nyabinghi tem sentido espiritual e, entre outros significados, representa o resgate da batida africana que reproduz as batidas do coração. Se o Nayabinghi quer resgatar o som que pulsa dentro de nós, o No Balanço do Reggae pretende reunir os afeitos ao ritmo e, além de celebrar o encontro, atenuar conceitos errôneos que estão em volta da cultura Rastafari. “Esta é uma oportunidade de desmistificar muitos equívocos com relação ao movimento Rastafari”, diz Sidney Rocha, um dos colaboradores do evento. “Neste encontro estaremos demonstrando um pouco dos elementos que compõem o movimento Rastafari”, conclui.

Logo após a saudação é hora de dançar reggae com Lazzo, Geraldo Cristal, Alumínio, Helinho (Moa Ambesa), Duda (Diamba), Edson (Kebra Nagast), Semente da Paz, Ras Popó (Red Meditation), as atrações internacionais Arkaingelle (EUA) e Dj Kobie (Trinidad e Tobago) e o sound system baiano Ministéreo Público. A festa também será uma homenagem a Rick Husbands, músico jamaicano que morava em Salvador e faleceu em outubro de 2009, vítima de uma parada cardíaca. Continue lendo

Evolução Hip Hop ganha indicação ao Prêmio Dynamite de Música

Do Irdeb

Prêmio Dynamite de Música Independente faz um grande mapeamento da cena independente no Brasil, pois percorre todos os Estados brasileiros. Este ano, entre os 440 indicados, está o programa Evolução Hip Hop, que vai ao ar pela Rádio Educadora FM 107.5 todo sábado a partir das 17 horas. É o único programa de uma emissora baiana a receber indicação ao prêmio.

“Foi uma surpresa porque é um programa novo, numa rádio pública, que ainda é considerada conservadora com relação a esse tipo de música”, revela DJ Branco, apresentador e coordenador do programa. Para chegar aos indicados das 22 categorias que compõem o Prêmio Dynamite, a organização consultou mais de 300 formadores de opinião e produtores musicais.

O Evolução Hip Hop concorre na categoria Programa ou Emissora. “Isso é fruto de um trabalho bem feito, realizado com dedicação não apenas para a comunidade que curte o hip hop, mas para toda a cidade, já que discute temas de importância coletiva”, comemora Branco. A votação popular está aberta até o próximo dia 30 no site: http://www.premiodynamite.com.br.

Os resultados serão divulgados no mesmo portal no mês de outubro, quando ocorrerá a premiação, ainda sem local definido.